Diet x Light

Os consumidores, na busca por uma alimentação mais saudável,  muitas vezes procuram por alimentos diet e light, mas não sabem ao certo o que essas denominações querem dizer.

 Um erro muito comum é achar que os produtos light e diet contêm menos calorias ou que “engordam” menos que os produtos convencionais. 

Alimentos DIET 

Conforme definição da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), alimentos diet são aqueles especialmente formulados para atender a grupos da população que apresentam condições fisiológicas específicas, como por exemplo diabéticos e hipertensos.

 Os alimentos diet sofrem modificações no conteúdo de nutrientes. Além disso, apresentam na sua composição quantidades insignificantes ou são totalmente isentos de algum nutriente.

 Nos produtos diet, podem ser alteradas as quantidades de gorduras, proteínas, sódio, açúcares entre outros. Por esse motivo, a leitura dos rótulos é essencial.

 Alimentos LIGHT

 A ANVISA descreve os alimentos light como aqueles que apresentam a quantidade de algum nutriente (açúcares, gorduras, sódio, etc.) ou valor energético (calorias) baixo. Também são considerados light aqueles produtos que, quando comparados a um alimento convencional, apresentam redução de pelo menos 25% em algum dos itens mencionados anteriormente.

 Para que seja considerado light, o produto deve atender a teores pré-definidos para cada nutriente ou valor energético. Por exemplo: um iogurte com redução de 30% de gordura, quando comparado a um produto similar, é considerado light.

 Aos consumidores com restrição alimentar:

O consumidor que, por orientação do médico ou nutricionista, não deve consumir (ou deve ter o consumo limitado) de determinado nutriente precisa ficar atento no momento da compra e observar a rotulagem nutricional (lista de ingredientes, tabela nutricional, descrição do produto, etc.).

 Veja algumas dicas abaixo:

 Consumidores diabéticos: atenção aos alimentos com açúcares em sua composição, sendo ele diet ou light.

 Pressão alta: atenção ao conteúdo de sódio descrito na informação nutricional dos rótulos. Os produtos diet ou light em sódio apresentam baixo ou reduzido teor em sódio.

 Colesterol alto: a escolha de alimentos deve ser baseada no conteúdo de gorduras totais, gorduras saturadas e trans. Os produtos para dietas com restrição de gorduras (diet) podem conter no máximo 0,5g de gordura em 100 g do produto. Os produtos com baixo teor de colesterol (light) podem apresentar no máximo 20g de colesterol em sólidos e 10g em líquidos.

 Triglicerídeos alto: preferir alimentos reduzidos em gorduras e açúcares.

Referências
 Você sabe o que está comendo? – Manual de Orientação aos Consumidores. Educação para o Consumo Saudável. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Gerência Geral de Alimentos. Universidade de Brasília, Departamento de Nutrição. Brasília, 2005.
 
Diet e Light – Entenda a diferença. Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres.
 
Rotulagem Nutricional Obrigatória – Manual de Orientação aos Consumidores. Educação para o Consumo Saudável. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária/ Gerência Geral de Alimentos. Universidade de Brasília – Departamento de Nutrição. Brasília, 2001.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s