Como ajudar os pré-escolares a conhecer, experimentar e aceitar novos alimentos.

As práticas alimentares são adquiridas durante toda a vida, entretanto, destacam-se os primeiros anos como determinantes para o estabelecimento de hábitos que terão repercussão ao longo de toda a vida do indivíduo.
As crianças não aceitam novos alimentos prontamente e é necessário um processo de aprendizagem que exige o envolvimento de toda a família.
O processo de aprendizagem do pré-escolar se dá, principalmente, pela exposição repetida ao novo alimento. Essa exposição deve ocorrer de forma natural e, de preferência, em um contexto positivo.
Além disso, existem outros cuidados que podem ajudar a criança no processo de aceitação de novos alimentos. Confira:
– As refeições devem apresentar grande variedade de cores, texturas e serem servidas de forma atrativa.
– Envolva a criança nas tarefas de seleção e preparo dos alimentos.
– Estabeleça horários regulares para as refeições: café da manhã (8h), lanche da manhã (10h), almoço (12h), lanche da tarde (15h), jantar (19h) e algumas vezes lanche antes de dormir.
– O intervalo entre uma refeição e outra deve ser de duas a três horas.
– Um grande erro é oferecer ou deixar a criança alimentar-se sempre que desejar. Dessa forma, ela não terá apetite e não aceitará os alimentos no momento das refeições.
– A oferta de líquidos nos horários das refeições deve ser controlada por estimular a sensação precoce da saciedade. O ideal é que as bebidas sejam oferecidas  após a refeição.

– A criança em fase de desenvolvimento da coordenação motora deve ser estimulada a se alimentar sozinha.

– Forneça utensílios (copos, pratos e talheres) adequados para a idade da criança.
– O tamanho das porções dos alimentos no prato deve estar de acordo com o grau de aceitação da criança. O desejável é servir  uma pequena quantidade e, depois, oferecer mais quantidade do alimento.
– A sobremesa não deve ser oferecida como prêmio, e sim, de forma natural, como mais uma preparação da refeição.
– Deve ser respeitado o direito da criança ter preferências e aversões.


Anúncios

Um comentário sobre “Como ajudar os pré-escolares a conhecer, experimentar e aceitar novos alimentos.

  1. Referências: [1] Sociedade Brasileira de Pediatria. Departamento Científico de Nutrologia. Manual de orientação para alimentação do lactente, do pré-escolar, do escolar, do adolescente e na escola. Rio de Janeiro; 2006. [2] ADA Reports- Position of the American Dietetics Association: dietary Guidance for Healthy Children Ages 2 to 11 years. J. Am Diet assoc. 2004; 104:660-667. [3] Philippi ST et al. Pirâmide alimentar para crianças de 2 a 3 anos. Rev. Nutr., Campinas, 16(1):5-19, jan./mar., 2003.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s