Mitos sobre nutrição prejudicam pacientes com câncer

Um levantamento do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), apontou as principais dúvidas e questionamento dos pacientes oncológicos atendidos no serviço de nutrição da unidade.

A pesquisa, feita com 1.400 pessoas, revelou que alguns mitos fogem bastante da realidade e que acabam prejudicando tratamento da doença.

Veja abaixo o que é verdade e o que é mito quando o assunto é nutrição e câncer:

Mitos:
– Peixe, carne de porco e ovo não podem ser consumidos após a cirurgia, pois atrapalham a cicatrização.
– Carne vermelha deve ser evitada sempre.
– Não consumir alimentos ácidos durante a quimioterapia.
– Pular refeições emagrece.
– Beterraba por ser vermelha pode substituir a carne para evitar anemia.

Verdades:
– Peixe, carne de porco e ovo contém vitaminas do complexo B que ajudam no processo de cicatrização.
– Carne vermelha, quando consumida em excesso, é considerada um fator de risco para o câncer.
– Durante a quimioterapia deve-se “evitar” e não “excluir” alimentos ácidos da alimentação, para prevenir o surgimento de feridas na boca (mucosite).
– A alimentação deve ser feita em pequenas porções, a cada 3 horas.

– Exitem alimentos que ajudam a reduzir o risco para câncer, como o tomate, a laranja, peixes, frutas e vegetais vermelhos e roxos, a soja, o brócolis, a maçã, o azeite de oliva extra-virgem e o alho. Estes alimentos são ricos em substâncias como licopeno, ácido ascórbico (vitamina C), flavonóides e outros componentes que promovem benefícios à saúde.

Fonte: Adaptado de R7 Notícias

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s